Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Política

Detidos a 14 de Fevereiro

Moçambique: Membros FDGM libertados graças à Liga dos Direitos Humanos

Maputo - A libertação dos membros do Forúm dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique (FDGM) deu-se graças à intervenção da Liga Moçambicana dos Direitos Humanos (LMDH).

A informação foi avançada esta sexta-feira, 24 de Fevereiro, pelo Presidente do FDGM, Hermínio dos Santos.

Os seis membros do FDGM, detidos a 14 de Fevereiro, na cidade de Nampula, e torturados pela Polícia de Intervenção Rápida (PIR), foram postos em liberdade no dia 21 de Janeiro, graças à intervenção da Liga Moçambicana dos Direitos Humanos (LMDH).

Os ex-militares foram detidos quando se dirigiam à direcção provincial dos combatentes de Nampula, para se manifestarem contra o estatuto do combatente, aprovado pela Assembleia da República em 2011.

O referido estatuto, segundo o FDGM, é discriminatório porque favorece os combatentes da luta armada de libertação nacional contra o colonialismo, desvalorizando o esforço dos desmobilizados da guerra pelos 16 anos de luta pela democracia.

O grupo exige igualmente o pagamento de uma pensão avaliada em 12.500 meticais, o enquadramento dos milicianos no estatuto do combatente e a criação de um instituto nacional de desmobilizado.

(c) PNN Portuguese News Network

2012-02-24 12:50:23

MAIS ARTIGOS...
  Moçambique: Armando Guebuza acusa Renamo de «provocação»
  Moçambique: Filipe Nyussi rejeita acusações de «campanha ilegal»
  Moçambique: PM apela ao investimento lusófono no sector da cultura
  Moçambique: Governo e Renamo divergem sobre missão de observação do cessar-fogo
  Parlamento de Moçambique aprova Lei de regalias do Presidente da República
  Moçambique: Aprovada Conta Geral do Estado de 2012
  Moçambique: Governo e Renamo decidem sobre sistema de desmilitarização
  Moçambique: Libertado brigadeiro da Renamo detido em Junho de 2013
  Moçambique: Renamo mantém exigência de observadores internacionais
  Cimeira Portugal-Moçambique realizou-se «na medida do possível»
  Alfândegas de Moçambique apreendem veículos blindados da ONU
  Moçambique: Armando Guebuza nega «campanha» a favor de Filipe Nyusi

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:



Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor DigitalCabo verde
Notícias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais