Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Política

Reunido na 87ª Sessão Extraordinária

Moçambique: Frelimo decide avançar com processo de regularização de Imóveis na Tanzânia

Maputo - Sob direcção de Armando Guebuza, Presidente do partido Frelimo, teve lugar a 87ª Sessão Extraordinária da Comissão Política, esta quarta-feira, 21 de Março, na sede nacional do partido.

De entre vários assuntos que foram discutidos e aprovados, o processo da regularização dos imóveis da Frelimo na Tanzânia, a preservação do património dos movimentos da luta de libertação nacional da África Austral e a situação da ordem, segurança e tranquilidade públicas foram questões abordadas no encontro.

Depois da guerra da luta de libertação nacional e da proclamação da independência em 1975, a Frelimo deixou ena Tanzânia vários imóveis, nomeadamente escritórios, residências e centros de treinos, infra-estruturas erguidas para acomodar e treinar os militares da Frente de Libertação de Moçambique na década de 1960.

Fontes contactadas pela PNN revelaram que o partido Frelimo pretende, numa primeira fase, reabilitar a sua antiga sede localizada no Nkrumah Street, em Dar-Es-Saalam, um edifício de quatro pisos onde, actualmente, funciona a Associação de amizade Moçambique/Tanzânia.

As residências de Eduardo Mondlane, primeiro Presidente da FRELIMO, Marcelino dos Santos e Joaquim Chissano, os centros de treino de guerrilheiros, entre outros imóveis localizados em Nachingweiae Dar-Es-Salaam, capital Tanzaniana, estão também na lista de recuperação a curto-prazo.

O processo negocial e o levantamento de todo o património histórico a ser adquirido pelo partido Frelimo envolve o Estado Moçambicano. A Embaixada de Moçambique na Tanzânia foi já encarregue de dirigir o processo.

O partido diz que pretende tornar alguns locais históricos da Frente de Libertação de Moçambique na Tanzânia e outros Países da África Austral em locais turísticos e académicos, de forma a divulgar a história da luta para a libertação.

Por outro lado, a Frelimo exorta os cidadãos em geral e os militantes em particular a continuarem a participar activamente no debate das teses ao 10º Congresso agendado para Setembro, na cidade de Pemba, província de Cabo-Delgado, e no processo das Eleições Internas, fazendo deste um momento de reforço da democracia interna no seio do Partido e de auscultação de todas as esferas sociais na articulação da agenda nacional consubstanciadas nas 8 Teses ao Congresso.

(c) PNN Portuguese News Network

2012-03-22 12:44:55

MAIS ARTIGOS...
  Moçambique: Armando Guebuza acusa Renamo de «provocação»
  Moçambique: Filipe Nyussi rejeita acusações de «campanha ilegal»
  Moçambique: PM apela ao investimento lusófono no sector da cultura
  Moçambique: Governo e Renamo divergem sobre missão de observação do cessar-fogo
  Parlamento de Moçambique aprova Lei de regalias do Presidente da República
  Moçambique: Aprovada Conta Geral do Estado de 2012
  Moçambique: Governo e Renamo decidem sobre sistema de desmilitarização
  Moçambique: Libertado brigadeiro da Renamo detido em Junho de 2013
  Moçambique: Renamo mantém exigência de observadores internacionais
  Cimeira Portugal-Moçambique realizou-se «na medida do possível»
  Alfândegas de Moçambique apreendem veículos blindados da ONU
  Moçambique: Armando Guebuza nega «campanha» a favor de Filipe Nyusi

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:



Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor DigitalCabo verde
Notícias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais