Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Política

Entre 9 e 10 de Abril

Primeiro-ministro português visita Moçambique

Maputo – O primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, chega a Moçambique na próxima segunda-feira, 9 de Abril, com o objectivo de assinar os acordos relativos à Hidroeléctrica de Cahora Bassa.

Segundo o programa de visita, enviado à PNN, Pedro Passos Coelho, desembarca no Aeroporto Internacional de Maputo por volta das 10:30.

No dia 9, o primeiro-ministro português vai reunir-se com o Presidente da República de Moçambique, Armando Guebuza, às 15:30, com quem assinará os acordos sobre instrumentos jurídicos no âmbito da cooperação bilateral. Este encontro deverá decorrer durante uma hora, de acordo com estimativas do programa presidencial.

O ministro moçambicano da Energia, Salvador Namburete, deslocou-se a Lisboa no dia 25 de Março, para discutir a transferência, numa primeira fase, dos 7,5, dos 15 por cento que Portugal ainda detém na Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB).

Segundo Salvador Namburete, a transmissão dos 7,5 por cento remanescentes deverá efectivar-se no prazo máximo de dois anos, passando o Estado moçambicano a deter a totalidade do capital social da HCB.

Portugal vendeu a maioria das acções da HCB ao Estado moçambicano em 2007, passando o país a deter 85 por cento das acções. Moçambique pagou 700 milhões de dólares americanos.

O primeiro-ministro português, para além das negociações, do encontro empresarial e das assinaturas de acordos de cooperação, vai ainda visitar o monumento aos heróis moçambicanos, onde depositará uma coroa de flores, conhecer o projecto do centro Dia Mães de Mavalanee e fazer um passeio turístico, que vai durar cerca de uma hora, pela cidade de Maputo.

As declarações à imprensa sobre as assinaturas dos acordos entre os dois Estados serão feitas pelos ministros dos Negócios Estrangeiros de Moçambique e de Portugal.

(c) PNN Portuguese News Network

2012-04-05 11:42:53

MAIS ARTIGOS...
  Moçambique: Armando Guebuza acusa Renamo de «provocação»
  Moçambique: Filipe Nyussi rejeita acusações de «campanha ilegal»
  Moçambique: PM apela ao investimento lusófono no sector da cultura
  Moçambique: Governo e Renamo divergem sobre missão de observação do cessar-fogo
  Parlamento de Moçambique aprova Lei de regalias do Presidente da República
  Moçambique: Aprovada Conta Geral do Estado de 2012
  Moçambique: Governo e Renamo decidem sobre sistema de desmilitarização
  Moçambique: Libertado brigadeiro da Renamo detido em Junho de 2013
  Moçambique: Renamo mantém exigência de observadores internacionais
  Cimeira Portugal-Moçambique realizou-se «na medida do possível»
  Alfândegas de Moçambique apreendem veículos blindados da ONU
  Moçambique: Armando Guebuza nega «campanha» a favor de Filipe Nyusi

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:



Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor DigitalCabo verde
Notícias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais